Arroz de leite vegano

Veganismo

Arroz de leite vegano

O arroz doce, um clássico das festas juninas, é daquelas sobremesas muito simples e fácil de fazer. Sem contar que é bem barata, já que leva ingredientes acessíveis. O prato basicamente consiste em arroz cozido no leite com açúcar e especiarias.

Nesta versão vegana e mais saudável, o leite utilizado foi de coco caseiro. Já o arroz, ao invés do branco, foi usado o integral. Tem gente que usa leite condensado para adoçar, mas nesta versão usei o açúcar demerara.

Para dar um sabor a mais, nada como especiarias né!? Tradicionalmente o arroz doce leva a combinação de cravo e canela. Mas você pode incrementar com cascas de limão ou laranja para dar um perfume e sabor cítrico. Para isso utilize do mesmo jeito que as especiarias na preparação. Mas cuidado para não usar a parte branca, ela amarga a preparação.

 

// Você vai precisar de:

Arroz integral – 1 xícara (175 g)

Água – 2 xícaras (500 ml)

Leite de coco caseiro – 2 xícaras (500 ml) – receita aqui

Açúcar demerara – 1/3 xícara (70 g)

Polvilho doce – 1 colher de chá (5 g)

Cravo da Índia – 5 unidades

Canela em pau – 1 ramo

 

//Como fazer:

1- Em uma panela coloque o arroz e a água. Leve ao fogo médio e cozinhe até a água começar a secar.

2- Sem desligar o fogo, adicione o leite de coco, o açúcar demerara, os cravos e a canela. Misture bem e cozinhe até o líquido reduzir pela metade e o arroz ficar macio. Se necessário adicione um pouco mais de água.

3- Dilua o polvilho doce com um pouco de água e adicione ao arroz mexendo sem parar até engrossar e ficar cremoso.

4- Desligue o fogo e retire os cravos e a canela.

5- Sirva ainda quente, se quiser servir gelado, espere amornar e leve à geladeira antes de servir.

Arroz doce - festa junina (1)

Rendimento: 4 porções

 


Tempero Alternativo

Tempero Alternativo

O blog Tempero Alternativo tem como missão disseminar informações e inspirar seus leitores a terem uma relação mais harmoniosa com a comida e o meio ambiente. Através de receitas fáceis, práticas, acessíveis e veganas. Valorizando os alimentos integrais, orgânicos e produzidos localmente. Além disso, traz ideias e atitudes simples e sustentáveis que podemos inserir no dia-a-dia na cozinha, como aproveitar sobras de alimentos para evitar o desperdício.

1 comment

Comments are closed.